Eu sou a irmã Zinha José Fernando de nacionalidade Angolana. Pertenço a esta grande família Eucarística, desde dia 21 de Agosto de 1984.   Em 31 de Maio de 1988  foi o  começo do Postulantado, 15 de Agosto de1989, engressei ao Noviciado. A Primeira Profissão, em 15 de Agosto de 1991. Em 1996  no dia 22 de Setembro foi a Profissão Perpétua.  Dia 14 de Agosto de 2016, a Celebração das Bodas de Prata, pela Graça de Deus .  Me sinto muito feliz com a vocação que Deus escolheu para mim. Até cá data presente nunca me arrependi por haver seguido a vocação à Vida Consagrada. Mas sim tive um momento da minha vida,  em que quería mudar para a vida Contemplativa com as Monjas Clariças Capuchinhas. Quería regressar às nossas origens. Mas isto uma crise que me deu depois do falecimento da minha querida mamãe. Eu era Juniora do Primeiro ano aos meus 23 anos de idade. Surgiu-me esta ideia, porque não pude viajar para ir velar a minha mãe. Porque neste mesmo ano, a situação do País estava mal. Entre guerra e a preparação das primeiras Eleições. Depois pedí conselho a uma Religiosa nossa com muita experiência de vida Consagrada, me ajudou a procurar um Director Espiritual para orientar-me e averiguar qual é motivo que me leva a mudar de Congregação. Depois de um ano de acompanhamento e um bom esclarecimento preferí Continuar como irmã Escrava da Santíssima Eucaristia e da Mãe de Deus. O próximo 15 de Agosto se Deus permitir, Celebrarei 30 anos de vida Consagrada, como Escrava da Santíssima Eucaristia e da Mãe de Deus. Benedito seja Deus. Durante esta caminhada, nem tudo tem sido um  mar de rosas.  Aliás onde há rosas também tem de haver espinhas. Caso contrário, já deixa de ser rosas. Houve momentos de Crises vocacional, como acontesse em todos os estilos de vida. Mas, com a perseverança e a tenacidade, colocando-me nas mãos daquele que me chamou, aquí estou para fazer a sua vontade. Esta é a pequena resenha, da minha história vocacional.

Esta web no utiliza tus cookies para nada.    Ver Política de cookies
Privacidad