MADRE TRINIDADE CARRERAS HITOS

Escravas da Santa Eucaristia e da Mãe de Deus

Mais sobre o assunto

Nosso Fundador

“O Senhor será a tua fortaleza, e põe sempre só n’Ele a tua confiança”.

M. Trinidade

“Antes de tudo serão fiéis em dar valor ao precioso tesouro que, nas crianças, o Senhor lhes confiou”.

M. Trinidade

A madre Trindade do Puríssimo Coração de Maria nasceu em Monachil, Granada, a 28 de Janeiro de 1879.

No seio da Família bebeu uma ardente devoção à Sagrada Eucaristia e uma profunda experiência da maternidade de Nossa Senhora. Ingressou no Convento das Capuchinhas Clarissas de Santo Antão em Granada, onde viveu feliz, cerca de quarenta anos, numa verdadeira entrega ao Senhor e às suas Irmãs.

Durante as suas muitas horas de adoração sentiu o chamamento do Senhor à adoração eucarística, à renovação da vida monástica e a aproximar as crianças de Jesus na Eucaristia…

Madre Trinidade com a comunidade de Chauchina.

SITE OFICIAL CAUSA DE CANONIZAÇÃO

“Tenho uma grande confiança em nosso bom Jesus Sacramento, que sempre foi a luz e a força da minha pobre alma … o Senhor será sua força, e somente Nele sempre confie.”

M. Trinidade

“Filha da minha alma, muita fé e confiança em Deus; Com grandes desejos de humildade e sacrifício, serviremos verdadeiramente ao Senhor. ”

M. Trinidade

“Oh meu Jesus mais doce, como meu coração está inflamado e voa em sua direção, quando sinto o fim da vida desse corpo miserável! Eu acho que vejo a vida chegar onde eu tenho que me juntar a você sem medo de perder você!”

M. Trinidade

M. Trinidade com a comunidade de Berja, primeira casa da Congregação.

Foram anos de discernimento em longos tempos de oração e encontros com seus mestres espirituais e, sobretudo, com o Cardeal Arcebispo de Granada, que a levaram a entender que era vontade de Deus, que deixasse aquele oásis de paz e empreender uma nova caminhada.

Em 1925, juntamente com mais onze Irmãs, deixou o convento de Santo Antão para fundar a Congregação da Santíssima Eucaristia e da Mãe de Deus, dedicada à adoração da Eucaristia e à educação cristã de crianças e jovens.

Três ícones presidiram a toda a sua vida: a Cruz, o cajado que a sustentou nas dificuldades e no sofrimento; o Pão da Eucaristia, com que alimentou o seu amor e Maria, a Estrela que a guiou no caminho da fiel entrega a Deus e ao próximo.

M. Trinidade com estudantes em Portugal.

Na sua vida, reconhecemos uma mulher de Deus e uma mulher da Igreja. Deixou um lema às suas irmãs: «Muita vida interior e muito amor à Igreja».

Fundou casas e obras educativas: :

  • em Espanha: Berja (Almeria), Granada, Madrid, Bilbau e Sobrado do Bispo (Ourense);
  • em Portugal: Braga, Porto, Lisboa, Laveiras e Viana do Alentejo;
  • no México: Cidade do México.

No dia 15 de abril de 1949, partiu ao encontro definitivo com o Senhor, «o único – dizia – capaz de corresponder aos fortes e dulcíssimos desejos do meu coração».

Em 4 de outubro de 2008, a Delegação das Causas dos Santos da diocese de Madri conclui o processo diocesano de canonização e a causa é transferida para a Cidade do Vaticano. Neste momento, está sendo preparada a “positio”, documento em que são coletadas as pesquisas que demonstram a vida de santidade desta famosa Granada. O decreto de validade que reconhece as “virtudes heróicas” da Madre Trinidad já foi promulgado. O processo está em sua última fase. Agora, o aplicativo deve apresentar um milagre que será verificado por especialistas e teólogos. Simultaneamente, nos diferentes lugares onde a congregação tem comunidades, trata-se de tornar conhecida a vida e a obra de Madre Trinidad e de difundir sua reputação de santidade. A documentação já está em Roma, onde é realizada a última fase do Processo para o reconhecimento de sua santidade.

ORAÇÃO À MÃE TRINIDADE CARRERAS

Bendito sejas, meu Deus, pela humildade profunda da Madre Trindade, pelo seu ardente amor à Santíssima Eucaristia e pela confiança que despositava na Virgem Maria, Mãe de Jesus e Mãe da Igreja. Bendito sejas, também, pelo desejo que a abrasava de aproximar todas as pessoas de Jesus, teu Filho e do seu santo Evangelho. Se for do teu agrado elevá-la às honras dos altares e que a Igreja a proponha como exemplo de virtudes cristãs, concede-nos as graças que por sua intercessão te suplicamos. Amén

Padre Nuestro, Ave María y Gloria